No âmbito da disciplina de Português, os alunos do 9.º ano leram e analisaram a obra de Gil Vicente, mais concretamente o “Auto da Barca do Inferno”, peça moralizante do século XVI, na qual as personagens, acabadas de morrer, chegam a um cais onde serão acusadas pelo Diabo ou pelo Anjo dos pecados cometidos em vida.


Desta forma, os alunos reuniram adereços e, num improviso, sem ensaios, lançaram-se entusiasticamente na dramatização de algumas cenas, nomeadamente o “Onzeneiro” (elemento da burguesia que emprestava dinheiro, cobrando juros a onze por cento, a onzena), o “Parvo” (personagem cómica e divertida, não só pela linguagem usada, mas também pela forma inconsciente e ingénua como encara o Diabo e o Anjo) e o “Sapateiro” (homem do povo, que roubava e ia à missa para encobrir os seus pecados).
Os alunos aprenderam de forma motivante, pois a leitura da obra vicentina ganhou vida, tornando-se mais interessante. As fotos falam por si!

Artigo elaborado por:

Inês Cardoso 9.ºA
Maria Beatriz Albuquerque, 9.ºC

 

Para ver todas as fotos, clique em:

9º Ano- Luzes, câmara… Ação!

 

9A IMG 2342