Os alunos do 4.ºB da EB do Parque, no dia vinte de março foram desafiados a construir e a decorar uma árvore com motivos relacionados com a estação do ano que agora começa! Todos se empenharam de forma extraordinária e os trabalhos elaborados ficaram fantásticos e ajudaram a colorir um pouco os momentos mais tristes, pelos quais passamos.

 

Nos dias 20 e 28 de fevereiro, nas escolas do Parque e de Fundo de Vila, os alunos do 4º ano celebraram o “Pancake Day” e a “Hat Parade”.
O “Pancake day”, Dia das Panquecas, é uma tradição em vários países de língua oficial inglesa e é celebrado na terça feira de Carnaval ou “Shrove Tuesday”, antes do início do jejum da Quaresma.

A turma do 4ºB da EB do Parque desenvolveu, numa simbiose interdisciplinar, um projeto baseado na obra de Educação Literária “A maior flor do mundo”, de José Saramago. Os alunos elaboraram desenhos, construíram a “maior flor do mundo”, fizeram jogos, resumos e até dramatizações com recurso a diferentes tipos de leituras e ainda expressaram as suas opiniões acerca de todo o trabalho desenvolvido.

A turma do 1º A da Escola do Parque reaproveitou um ninho, vazio, que há meses havia caído de uma árvore e, com a ajuda da professora e auxiliares, colocou-o numa das árvores da escola.
Todos esperamos que venha a ser habitado!

Hoje, dia de S. Valentim, fomos assistir a uma peça de teatro no auditório da nossa escola sede, Escola Dr. Serafim Leite.
A peça de teatro teve como base o texto do nosso muito querido Álvaro Magalhães e chamava-se “O limpa palavras … e outros poemas".

No âmbito do estudo do Poder Local, da disciplina de Estudo do Meio, o 3.º A teve uma aula diferente. Convidamos a Dra. Helena Couto, Presidente da Junta de Freguesia de São João da Madeira para vir falar das valências da Junta junto à população sanjoanense.

No dia 30 de outubro, as turmas do segundo ano da escola de Fundo de Vila deslocaram-se ao parque do Rio Ul, mais precisamente à casa do forno e ao moinho, para assistir e participar numa das fases do ciclo do pão: a moagem do milho e a confecção artesanal da boroa.
Chovia copiosamente e o rio, em alguns locais mais baixos, ia, atrevidamente, galgando as suas margens, por isso, não pudemos visitar a Casa da Eira como também estava previsto.
Foi uma aula diferente!

Este ano, os alunos do 4º ano da Escola Básica do Parque, tiveram uma visita especial. Recebemos as voluntárias da Ani São João no Dia do Animal, que nos vieram alertar para a problemática do abandono animal, fazendo uma sensibilização para a adoção e importância do voluntariado.

A EB do Parque recebe mais um prémio! Desta vez com um texto para o livro Histórias da Ajudaris.
A turma do terceiro B, titulada pela professora Marisela Oliveira, dinamizou este trabalho no âmbito do tema do Agrupamento Drº Serafim Leite - a água elaborando o texto selecionado "A água que passa pelo rio" que será publicado no fantástico livro acima referido.
Parabéns a todos!

No final do mês de maio de 2019, os alunos, docentes e assistentes operacionais da Escola Básica do Parque, realizaram o seu habitual passeio de final de ano ao Azurara Parque Aventura, em Vila do Conde, onde todos experimentaram a adrenalina da prática de desportos radicais.
Slide, arborismo, passeio de pónei, touro mecânico, insufláveis, carrossel, tiro à lata, trampolim, foram algumas das diversas e divertidas as atividades desenvolvidas. Não acreditam?
Vejam então as fotos publicadas em “Continuar”...

No passado dia 12 de maio, integrado no XIII Festival de Teatro, o grupo “ANIMOPARQUE” voltou com mais uma sessão, com um novo elenco, após um ano de ausência. “Menina Sem Nome”, foi a peça musical apresentada, inspirada na obra de Carlos Cunha Torres, onde foi possível ver muita dança, música, momentos de humor e muita emoção à mistura. A peça retrata a vida de uma menina que nada tem e por isso vive infeliz, num mundo que não tem sentido, até se encontrar com uma Velhinha Sábia que lhe dá a oportunidade de escolher entre dois mundos completamente opostos…