• secretaria@essl.pt
  • 256 837 550

oferta f 16

Consulta a Oferta Formativa 2017/2018  do AESL e faz [aqui] a tua pré-inscrição

Estrutura com a responsabilidade de implementar o Plano de Prevenção e Emergência da Escola.

 

SENSIBILIZAR

    

1 1  2 1  3 1

PREVENIR

   7  5  8

FORMAR

   2  3  14

 


 

 AF Incendios Casa 

 

 incendios casa 

 

 AF Incendios Florestais Aut 

 

 AF Incendios Florestais Preven 

 

 incendios floresta 

                 

 incendios escola

  

AF inc hotel Aut

  

AF Ondas Calor Aut 

  

AF seca Adultos PouparAgua

  

seca

                 

 AF esp publicos Seg

 

AF inundacoes Aut

 

inundacoes

 

AF Sismos Aut

 

sismos

                 

 AF frio Aut

   campo montanha    AF rodoviario Gestos    AF seg trabalho    AF folheto gas casa
                 

 

planta geral

 

  • Responsável de Segurança _ Diretora

    • Avaliar as situações de emergência;
    • Ativar o Plano de Evacuação;
    • Controlar a imprensa;
    • Coordenar as ações a desenvolver;
    • Prestar as informações consideradas pertinentes à comunidade;
    • Prestar as informações necessárias aos meios de socorro externos.

  • Delegado(a) de Segurança _ Subdiretor

    Ensino Diurno

    • Coordenar e orientar a ação das Equipas de Segurança;
    • Assegurar-se do bom funcionamento dos meios e recursos existentes na Escola.

  • Subdelegado(a) de Segurança _ Assessora para os cursos noturnos

    Ensino noturno

    • Coordenar e orientar a ação das Equipas de Segurança;
    • Assegurar-se do bom funcionamento dos meios e recursos existentes na Escola.

  • Assistente Operacional afeto ao PBX

    • Acionar o sistema de alarme acústico que denuncia a ocorrência, após ordem da Direção;
    • Telefonar BVSJM.

  • Assistentes Operacionais _ Responsáveis pelos Sectores

    • Abrir as portas exteriores dos Blocos, se estiver perto da porta;
    • Auxiliar na evacuação de alunos, especialmente os que têm dificuldades;
    • Depois de todos se retirarem, verificar se as portas e janelas estão fechadas, mas não trancadas;
    • Verificar se ainda existem pessoas no local, assegurando que se retiram para o ponto de encontro;
    • Proceder ao Corte de Energia parcial;
    • Dirigir-se para o seu Local de Concentração e Controlo;
    • Informar o Responsável de Segurança da existência de anormalidades verificadas durante a evacuação.

  • Assistente Operacional _ exterior

    • Auxiliar na evacuação de alunos;
    • Implementar as medidas previstas no Plano de Atuação.

  • Serviços Administrativos

    • Assegurar que todos os ocupantes mantêm a calma.
    • Se algum ocupante for menor, nomear um Assistente Técnico que o(s) acompanhará.
    • Identificar o mais agilmente possível, os ocupantes das instalações.
    • Assegurar que todas as janelas ficam fechadas.
    • Assegurar que todas as portas ficam fechadas, mas não trancadas.
    • Assegurar que todos saem das instalações.
    • Acompanhar, em fila indiana, os restantes alunos e professores, em passo normal.
    • Seguir em direção ao ponto de encontro, calma e ordeiramente, seguindo a orientação da sinalética e / ou as indicações do Coordenador de Piso.
    • Informar o Responsável de Segurança se tem alguém em falta ou outros dados sobre o incidente.
    • Chegado(a) ao Ponto de Encontro, aguarda novas ordens do Responsável de Segurança.

  • Docentes dentro da sala de aula e Professor Bibliotecário _ Cerra Fila

    • Assegurar que os alunos mantêm a calma.
    • Assegurar que os alunos deixam todo o material na sala.
    • Se a informação for dada, assegurar e que levam todo o material em caso de Ameaça de Bomba.
    • Informar os alunos que devem seguir as orientações da sinalética e do Coordenar de Piso.
    • Dizer ao Chefe de Fila que deve dirigir-se para a porta de saída e abri-la totalmente.
    • Dizer aos alunos, que estão junto das janelas, para as fecharem.
    • Dizer ao Chefe de Fila para sair, seguido dos restantes alunos, em fila indiana, ordeiramente.
    • Se tiver algum aluno com Necessidades Educativas Especiais deve acompanha-lo durante todo o percurso, ou arranjar solução alternativa.
    • É o último a sair, depois de verificar a presença de todos os alunos, com a listagem para o efeito.
    • Fechar a porta, sem a trancar.
    • Seguir o seu grupo de alunos até ao Ponto de Encontro, auxiliando os seus alunos no percurso.
    • Chegado(a) ao Ponto de Encontro, fazer de novo a chamada, utilizando a listagem para o efeito para confirmar novamente as presenças.
    • Informar o Responsável de Segurança se tem alguns alunos em falta ou outros dados sobre o incidente e entrega-lhe a Lista de Presenças.
    • Voltar para junto dos seus alunos e aguardar novas ordens do Responsável de Segurança.

  • Docentes fora da sala de aula

    • Abandonar o edifício ou o local onde se encontra e dirigir-se para o Ponto de Encontro.
    • Acompanhar, em fila indiana, os restantes alunos e professores, em passo normal, encostando-se à parede.
    • Se encontrar algum aluno com Necessidades Educativas Especiais deve auxiliar o seu acompanhamento durante todo o percurso, ou arranjar solução alternativa.
    • Seguir em direção ao ponto de encontro, calma e ordeiramente, seguindo a orientação da sinalética e / ou as indicações do Coordenador de Piso.
    • Apoiar e sensibilizar todos os elementos da população escolar para que procedam da mesma forma.
    • Chegado(a) ao Ponto de Encontro, aguardar novas ordens do Responsável de Segurança.

  • Chefe de Fila _ Delegado de turma

    • Abrir a porta da sala na totalidade;
    • Seguir à frente da turma;
    • Guiar os colegas pelos percursos demarcados pela sinalética de emergência, seguindo as instruções do Coordenador de Piso.

  • Alunos dentro da sala de aula

    • Cumprir as orientações do professor;
    • Sair ordenadamente em fila indiana e sem correrias;
    • Dirigir-se para o seu Local de Concentração e Controlo;
    • Manter-se no Local de Concentração e Controlo, até ordens em contrário.

  • Alunos fora da sala de aula

    • Acatar e cumprir as ordens dos Coordenadores de Piso, abandonando os locais onde se encontrem, dirigindo-se para o Ponto de Encontro o mais rapidamente possível, em marcha rápida, sem correrias e atropelos, pelo percurso mais rápido.

  • Papelaria _ Reprografia

    • Para além das medidas que devem ser tomadas enquanto Assistente Operacional (Coordenador de Piso – sala 4 e 5) deve em primeiro lugar:
    • Interromper as tarefas;
    • Desligar as máquinas.

  • Bar

    • Para além das medidas que devem ser tomadas enquanto Assistente Operacional (Responsáveis pelos Sectores) deve ainda:
    • Interromper o serviço;
    • Desligar as máquinas;
    • Proceder ao corte do gás;
    • Averiguar se alguém se encontra nas imediações.

  • Cozinha _ Cantina

    • Fechar as válvulas de corte do gás.
    • Nomear um(a) funcionário(a) da cozinha para acompanhar os alunos, se eles estiverem presentes.
    • Assegurar que os alunos mantêm a calma e que deixam todo o material.
    • Se a informação for dada, assegurar e que levam todo o material em caso de Ameaça de Bomba.
    • Informar os alunos que devem seguir o(a) funcionário(a) e as orientações da sinalética até ao Ponto de Encontro.
    • Informar o funcionário que deve aguardar no Ponto de Encontro até que alguém o(a) substitua.
    • Assegurar que todas as janelas estão fechadas.
    • Assegurar que todas as portas ficam fechadas, mas não trancadas.
    • Ordenar aos restantes funcionários(as) que evacuem o refeitório, calma e ordeiramente, até ao Ponto de Encontro, seguindo a orientação da sinalética.
    • Informar o Responsável de Segurança se tem alguns alunos e/ou funcionários(as) em falta ou outros dados sobre o incidente.

  

erasmus

 Erasmus

 
Em atualização
Deco1

Deco Jovem

 
ami

Escola Amiga dos direitos humanos

 
Em atualização
parlamento

 Parlamento dos jovens

 
O programa Parlamento dos Jovens é uma iniciativa da Assembleia da República dirigida aos jovens dos 2.º e 3.º ciclos do Ensino Básico e do Ensino Secundário, que culmina com a realização de duas Sessões Nacionais no Parlamento. Este projeto parlamentar pretende, grosso modo, incentivar o interesse dos jovens pela participação cívica e política e sublinhar a importância da sua contribuição para a resolução de questões que afetam o seu presente e o futuro individual e coletivo.
O programa desenvolve-se em três fases – escolar, distrital e nacional -, abarcando diversas etapas que pretendem, no fundo, espelhar o trabalho dos deputados representativos de todas as faces políticas em nome da nação – PORTUGAL.
CE

 Clube Europeu

 
O Clube Europeu AESL e a Europa é um clube dinamizador de atividades no domínio da Dimensão Europeia da Educação. Tem a finalidade de contribuir para a formação de jovens estudantes conscientes dos seus direitos e deveres, dispostos a intervir direta e indiretamente no projeto da construção europeia, à luz dos Direitos Humanos e dos valores da Democracia.
eco2

 Eco-Escolas

 
O Programa Eco-Escolas é um projeto internacional da Fundação para a Educação Ambiental e que é desenvolvido em Portugal, desde 1996, pela Associação Bandeira Azul da Europa. A iniciativa pretende encorajar ações e reconhecer o trabalho de qualidade desenvolvido pela escola, no âmbito da Educação Ambiental para a Sustentabilidade.