Bandeira Eco escolas
Jardim da EB de Fundo de Vila - Homenagem ao último Sinaleiro
Prémio para duas alunas da EBS Dr. Serafim Leite: “Bolsas de Melhor Caloiro” da Universidade de Aveiro
Corpos sociais da Associação de Estudantes
Oficina de Ilustração na Escola do Parque
Halloween na Escola do Parque
«ESCOLA AMIGA DOS DIREITOS HUMANOS» - Hastear da bandeira.
Projeto eTwinning “Vincent Malloy vs Vincent Price" recebe Selo de Qualidade Nacional
Erasmus+-ICT, Alcoy, Valência
Aluno vence concurso, com Prova de Aptidão Profissional

Pelo segundo ano consecutivo o Clube Europeu “AESL e a Europa”, do Agrupamento de Escolas Dr. Serafim Leite, foi uma das cinco escolas distinguidas com a atribuição de uma Menção Honrosa pela Direção Geral da Educação (DGE), pela qualidade dos trabalhos realizados no ano letivo 2015/2016, no âmbito do concurso dos clubes europeus, com o tema “Interculturalidade e mobilidade no espaço europeu”.

No passado dia dois de dezembro, o Agrupamento de Escolas Dr. Serafim Leite teve o privilégio de assistir à apresentação do livro «UMA MULHER NO TOPO DO MUNDO».Esta obra retrata a vida de Maria da Conceição, uma portuguesa que, tendo sido abandonada pela mãe aos dois anos, foi criada por uma senhora viúva, muito pobre, já com seis filhos. A morte prematura da sua mãe adotiva traçou o caminho da sua vida que a levou ao Dubai, como hospedeira de bordo. É numa das escalas entre voos no Bangladesh que Maria da Conceição se depara com a miséria em que vivem cerca de 15 milhões de habitantes na capital, Dhaka.

No âmbito da disciplina de Português, os alunos do 9.º ano leram e analisaram a obra de Gil Vicente, mais concretamente o “Auto da Barca do Inferno”, peça moralizante do século XVI, na qual as personagens, acabadas de morrer, chegam a um cais onde serão acusadas pelo Diabo ou pelo Anjo dos pecados cometidos em vida.

No dia 26 de novembro, o Auditório do Agrupamento de Escolas Dr. Serafim Leite regressou ao estrelato com a cerimónia de entrega dos Diplomas de Mérito aos alunos que, no ano letivo 2015-2016, se evidenciaram pela qualidade do seu envolvimento na promoção do sucesso da escola e do agrupamento, traduzida no seu desempenho escolar extraordinário, nas suas competências sociais, humanas e cívicas, na sua participação empenhada em projetos bem alicerçados e acarinhados pelo Agrupamento, nomeadamente as Artes do Palco, bem representadas nos grupos de teatro “Animoparque” e Troupe”; o SuperTematik de Inglês/Português; o SuperTematik de Matemática; o Concurso Literacia 3D; o Concurso Nacional de Leitura; o Parlamento dos Jovens e o Desporto Escolar, particularmente as modalidades de Atletismo e Natação.

No dia 19 de novembro, decorreu, no Auditório do Agrupamento de Escolas Dr. Serafim Leite, a cerimónia de entrega dos diplomas aos alunos dos 10.º, 11.º e 12.º anos que, no ano letivo 2015-2016, se salientaram, ora pelo seu desempenho escolar excecional, ora pelas suas competências sociais, cívicas e humanas, ora pela sua participação ativa e profícua em projetos nutridos e abraçados pelo Agrupamento, nomeadamente o Concurso Nacional Olimpíadas da Língua Portuguesa, o Parlamento dos Jovens, o Concurso Nacional de Leitura, Escola Amiga dos Direitos Humanos e o Teatro.

No passado dia 12, sábado, a associação de pais e encarregados de educação da EB de Fundo de Vila realizou a sua habitual Feirinha de outono. A feirinha contou com deliciosos doces, compotas, frutos de outono, castanhas e outras iguarias caraterísticas da época. A tarde foi abrilhantada com uma aula de "dança localizada" e as representações dos nossos pequenos artistas. Apesar do tempo de chuva, foi muito divertido.

No dia 18 de novembro, decorreu, no Auditório da Escola, a cerimónia de entrega dos diplomas aos alunos que concluíram o Ensino Secundário, tanto dos Cursos Científico-humanísticos como do Ensino Profissional. Apesar de terem terminado os cursos há apenas três meses, foi a oportunidade de rever velhos amigos, de reviver recordações de muitos dias passados na Serafim, de contar histórias de início de novas vidas académicas ou profissionais, enfim, de matar saudades mitigadas...

“Castanhas, castanhas, assadinhas com sal, quentinhas, quentinhas, que não te façam mal…” . Mais uma vez se ouviu a lenda de S. Martinho e as canções ao toque das pandeiretas, maracas, clavas e até da viola.