Na semana de 7 a 11 de novembro, realizou-se mais uma semana UBUNTU do AESL, nas instalações cedidas pela Câmara Municipal de SJM, na Torre da Oliva.

Mais um ano e novas demonstrações do AESL, no âmbito do projeto “Celebrar a Nossa História”, dinamizado pela Câmara e Assembleia Municipais de S. João da Madeira, que procurou, de novo, de uma forma original, comemorar o dia da emancipação concelhia, que ocorreu há 96 anos.
Sem dúvida que esta aventura, na terra do labor, tem ensinado muito aos alunos do AESL que procuram, agora, mais do que nunca, valorizar o significado deste dia, revelando, simultaneamente, a essência do nosso Agrupamento.
Posto isto, pusemos, mais uma vez, as «mãos na massa», tendo sido decidido, pelos responsáveis, professores Dina Sarabando e Miguel Andrade, em reunião camarária, o plano da participação do Agrupamento neste evento: exposição, rábula e apresentação videográfica de um museu interativo. Mantivemos a nossa tradição, embora com marcas distintivas das anteriores. 
A exposição, com lugar no 1.º piso do Fórum Municipal, contou, este ano, com o cunho do Turismo Industrial e, para esta, continuando a temática das «Artes e Ofícios», na sua última edição, foram selecionados antigos trabalhos, apresentados de uma forma diferente, e outros foram criados especialmente para este momento: a caderneta de cromos «In Illo Tempore», da autoria da professora Belisa Rodrigues e do 11.º F, com base nas três peças teatrais representadas, nos últimos anos: «Ecos do Passado», «Histórias e Memórias» e «Chapéus há muitos», sob a coordenação de Lurdes Gual e com a participação dos Serafins. Outra novidade recaiu no Museu Interativo, criado pelo professor Miguel Andrade, que revelou alguns artigos, realizados ao longo dos tempos, no nosso Agrupamento, os quais poderão vir a fazer parte do futuro Centro de Memórias da cidade. Que bom é pensarmos que o passado que já foi, outrora, construído é, agora, o ponto de partida para o futuro que se avizinha! 
Nesta exposição simples e sublime, não podia faltar o nosso patrono, Serafim Leite, sob a forma de uma impressão serigráfica, da autoria do pintor José Emídio. Os trabalhos expostos, que se manterão por um mês, são, na verdade, o espelho do talento nascido e fortalecido no AESL. 
No próprio dia 11 de outubro, deu-se a abertura da exposição ao grande público, assim como a representação de uma rábula, «O chá das 10: à mesa com João da Silva Correia», da autoria da professora Dina Sarabando, encenado pela própria, que contou com o talento de alunos do 5.º A (Leonor Lima), do 9.º C (Sofia Gomes), do 11.º A (Lara Oliveira e Roberta Martins) e do 11.º B (Ângela Santos, Edgar Vilas-Boas e Leonardo Santos). A história teve lugar numa agradável sala de um clube de leitura de senhoras sanjoanenses, sendo objeto de discussão literária o livro da autoria do grande sanjoanense, João da Silva Correia, «Unhas Negras». É caso para dizer que todos se portaram à altura desta obra, a ponto de o filho do autor, Marçal Correia, ali presente, se comover com esta viagem no tempo. Posto isto, um sentido agradecimento a todos os que tornaram viva esta lição da História municipal, em especial aos nossos excelentes alunos.
A participação do AESL foi, ainda, enriquecida com o discurso da representante da Assembleia Municipal Jovem, Lara Oliveira, nossa aluna, aquando da Sessão Solene, no qual tomaram, igualmente, lugar palavras retiradas de «Unhas Negras», como espelho da essência do povo sanjoanense. 
Bem-haja a todos e a todas (Encarregados de Educação, Direção, Alunos, Professores e Assistentes Operacionais) que contribuíram, mais uma vez, para a concretização plena desta iniciativa municipal! 
 
Dina Sarabando
3
 
 
 
1
 
 
2
 
4
 
5
 
 

Uma mala cheia de conhecimentos de um cantinho especial

O AESL caminha, sem dúvida, no sentido de permitir que a nova geração tenha, efetivamente e cada vez mais, uma VOZ e adquira um conhecimento que proporcionem uma intervenção cívica, ativa, consciente e responsável, por parte dos seus alunos, na vida e na história dos indivíduos e da sociedade.

No transato dia 15 de junho, os nossos jovens deputados, da Assembleia Municipal Jovem, tiveram a oportunidade de visitar o Centro de Arte de S. João da Madeira, na senda da aprovação de uma das medidas, levada a plenário pelos alunos do AESL, a saber:

A AMJ é um projeto que, efetivamente, veio para ficar… Após os malfadados tempos pandémicos que impossibilitaram, durante dois mandatos, a concretização do prémio de participação dos jovens deputados, todos (anos letivos 2019’20, 2020’21 e 2021’22), finalmente, saíram às ruas de Lisboa, embora com um calor enfadonho a acompanhar, a fim de usufruírem do enriquecedor programa.

O "Fogo" foi o mote do Agrupamento de Escolas Dr. Serafim Leite para o domínio da articulação curricular, neste sentido um grupo de alunos do 12º ano do Curso de Artes Visuais decidiu que queria fazer algo para os Bombeiros e que a criação de um mural seria desafiador e entusiasmante.

Os alunos do 2ºA da EB do Parque vieram à escola sede ver cinema de animação. Mas a maior animação foram eles mesmos. Basta ver as fotos e o filme. Tinham a esperá-los dois alunos do 9º ano, a Leonor e o Pedro Gabriel, que fizeram de guias e animadores. Trouxeram sardinhas, quadras alusivas ao S. João, lanche e ainda lhes deram rebuçados.

A Conferência Pensamento Computacional - Ensinar Matemática no século XXI, foi organizada pelo grupo 500 do Agrupamento de Escolas Dr. Serafim Leite e pelo Agrupamento de Escolas de Santa Maria da Feira com o Centro de Formação AVCOA e o Centro de Formação Terras de Santa Maria (CFTSM).

Esta competição tem como principais objetivos fomentar o interesse pela aprendizagem; contribuir para a aquisição, consolidação e ampliação de competências e conhecimentos; reforçar a componente lúdica no processo de ensino-aprendizagem; promover o convívio entre alunos, professores e restante comunidade escolar.

Blogue da Biblioteca Escolar

  • Dia da Floresta Autóctone, 23 de novembro

    Nov 30, 2022

    Dia da Floresta Autóctone, 23 de novembro Numa parceria entre o Eco Escolas e a Biblioteca Escolar foi lida aos alunos de 5.º ano e alunos de PLNM a história “Tomé, O Gaio Semeador”. Nela, um jovem gaio (ave aparentada dos corvos e das gralhas!!), o Tomé,[…]

  • Apresentação do livro «Bioética da Finitude. A Questão Bioética no Pensamento Contemporâneo»

    Nov 27, 2022

    Apresentação do livro «Bioética da Finitude. A Questão Bioética no Pensamento Contemporâneo» No dia cinco de novembro de dois mil e vinte e dois, realizou-se a apresentação/debate da obra «Bioética da Finitude. A Questão Bioética no Pensamento Contemporâneo», da Professora Doutora Stella Zita de Azevedo, livro selecionado para o Plano Nacional de[…]

  • Concurso Juvenes Translatores

    Nov 25, 2022

    Concurso Juvenes Translatores Os nossos alunos foram selecionados para participarem neste concurso que distingue os melhores jovens tradutores da União Europeia. Com o objetivo de promover a aprendizagem de línguas e a tradução, a Biblioteca associou-se a esta iniciativa, no dia 24 de[…]

  • Boa prática reconhecida pela RBE

    Nov 24, 2022

    Boa prática reconhecida pela RBE As Bibliotecas Escolares do AESL foram reconhecidas por terem uma boa prática com valor para ter a honra de ser publicada no blogue da RBE. Acessos: 12

  • Livros novos na Serafim Leite

    Nov 23, 2022

    Livros novos na Serafim Leite Chegaram livros novos à Biblioteca da Serafim Leite. Anda ver as novidades e leva o teu preferido! Acessos: 18

 
 
 

Portal do AESL

logotipo ESCOLA EMAIL