Os alunos do 6º D participaram na gravação da canção “Não Me Vou Calar” que decorreu na passada quarta-feira, nas instalações da nossa Escola. Esta canção integrará o álbum “Ser Nenhum”, dos Prana, e pretende ser um alerta para os problemas ligados ao abandono de crianças e jovens. (Vídeo no final da notícia).


Segundo o jornal “Labor”, “‘Não Me Vou Calar’ vai ser o grito pelos princípios e causas que atualmente movem a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de S. João da Madeira, alertando não só crianças e jovens, mas também toda a população portuguesa, de todas as idades”. Isto, “para que a nenhuma criança e jovem seja retirada a liberdade de escolher, pensar e agir”.
É assim que os Prana se referem ao seu novo tema pensado e “construído” para ser, realmente, “um hino pela defesa dos direitos das crianças e dos jovens em Portugal”. Em declarações ao labor, Diogo Leite falou deste desafio feito pela CPCJ sanjoanense “há algum tempo” e ao qual “dissemos logo que sim” por se identificarem “com as causas e os pilares sociais da CPCJ, nomeadamente “o direito à família, seja qual for o tipo de família, desde que garanta um ambiente seguro; o direito à não discriminação (género, cultura, raça e etnia); o direito ao amor e à cultura, na perspetiva da liberdade de escolha pelo que gostam de fazer”.
Ao nosso jornal, o baterista da banda de S. João da Madeira, que ainda este ano lançou o álbum “Ser Nenhum”, referiu-se também ao vídeo clip de “Não Me Vou Calar” gravado ontem, quarta-feira, na Escola Básica e Secundária Dr. Serafim Leite e que vai estar disponível já a partir desta semana no YouTube, Facebook, Instagram, etc.. A ideia foi “criar um vídeo super natural e nada muito ensaiado”, acrescentou Diogo Leite.
Quanto ao concerto de apresentação ao vivo, vai ficar para o “primeiro semestre” de 2019. A presidente da CPCJ afirmou ao labor que querem “construir algo digno dos Prana” e que por isso preferem aguardar mais algum tempo.
Ainda a propósito, Micaela Marques disse não ter dúvidas que este “hino” vai “contagiar musicalmente o país”. Aliás, em seu entender, “todos podemos e devemos mesmo assumi-lo como nosso”.

 

Clique, para ver o vídeo dos nossos cantores.

"Não me vou calar", pelo 6º D.

 

naomevoucalar

Foto: Jornal "Labor"