"Acredito na força das palavras. Acredito que elas podem sobreviver quando o silêncio se impõe e nada mais parece fazer sentido.
Vivemos de palavras. São elas que nos conduzem, que nos subjugam, que nos libertam. Quando queremos, elas voam e são o espelho da alma e da acção. Escritas ou ditas, elas nunca perdem a magia. Quem melhor do que o actor para as dizer com o fulgor da voz, o arrebatamento do corpo e o fervor da alma."

Maria de Lurdes Gual, Coordenadora do grupo de teatro “Os Serafins”

 

“Os Serafins”, Grupo de Teatro da Escola Secundária Serafim Leite, é um projecto que tem 8 anos, embora seja lícito destacar que, desde 1998, a actividade teatral sempre tenha marcado presença na escola e na comunidade, com peças levadas à cena por turmas, individualmente ou em parceria, no âmbito da já extinta Área Escola.
É já um longo percurso que contou a participação activa e primorosa de muitos alunos que passaram por esta escola e, certamente, continuam na memória e no coração de todos aqueles que os viram actuar, mas, acima de tudo, daqueles que com eles privaram de perto, trabalhando horas a fio para projectar a imagem da escola junto da comunidade, que sempre os acolheu com verdadeiro entusiasmo.
Importa salientar que a vontade de inovar e o talento destes jovens não teriam tido expressão sem o apoio de um conjunto de pessoas e de instituições que neles acreditaram nestes últimos anos.

 

Órgãos de Gestão

Enquanto Presidentes/Directores deste estabelecimento de ensino, Ilda Ferreira, Pedro Gual e Irene Guimarães sempre mostraram grande empatia por este tipo de projectos, reconhecendo a necessidade de revitalização da arte dramática e, simultaneamente, estimulando a sua implementação na escola como uma mais-valia para a formação integral dos alunos, tanto dos que nele participam directamente como dos que dele usufruem enquanto espectadores.

Associação de Pais e Encarregados de Educação

De forma muito gratificante, o Grupo de Teatro também contou sempre com o apoio financeiro e a colaboração da Associação de Pais e Encarregados de Educação que, nos últimos 10 anos, tem vindo a responder a todas as solicitações do Grupo. Em particular, destacam-se os três últimos presidentes, Manuel santos, Carlos Mota e Carlos Vaz, sempre disponíveis para a árdua missão de apoiar o Grupo, apesar das dificuldades que sempre se colocam quando se trata de angariar fundos para apoiar as actividades promovidas pela Escola.

Câmara Municipal de S. João da Madeira

O Grupo de Teatro “Os Serafins” congratula-se com o apoio prestado pelo município, na pessoa do seu presidente, Dr. Castro Almeida, que, ainda antes da implementação da iniciativa do Festival de Teatro de S. João da Madeira e da inauguração do Auditório dos Paços da Cultura, já apoiava o Grupo de Teatro quando as suas representações se cingiam ao salão paroquial, único espaço onde, efectivamente, era possível desenvolver este tipo de actividade.

Centro Paroquial de S. João da Madeira

O Salão Paroquial da nossa cidade foi, durante vários anos, amavelmente cedido pelo Senhor Padre Domingos Milheiro para as representações do Grupo de Teatro, dado que era, até 2004, o único espaço que comportava um número significativo de pessoas. Para o efeito, destaca-se, igualmente, a colaboração da Dona Olga Sousa e do Sr. Manuel Sousa que cuidavam do referido espaço e sempre se mostraram disponíveis para ajudar no que fosse necessário.

Alunos do Grupo de Teatro e respectivos Encarregados de Educação

Ao longo dos anos e face às inúmeras dificuldades para angariar fundos, alunos e encarregados de educação sempre se disponibilizaram para ajudar o Grupo de Teatro, empreendendo uma série de iniciativas (venda de produtos alimentares e de rifas, tômbolas, venda de produtos variados em datas festivas) que, decisivamente, muito contribuíram para que o projecto se tornasse exequível. Sem esta cumplicidade dos Encarregados de Educação, nem a Escola nem os responsáveis pela iniciativa do Grupo de Teatro teriam tido a oportunidade de concretizar este projecto, sempre tão acarinhado pela comunidade escolar e local.

Assistentes Operacionais e Técnicos

O Grupo de Teatro da Escola não pode esquecer a colaboração de todos os elementos, Assistentes Operacionais e Técnicos, que, mantendo-se ou não na escola ao longo destes anos, têm apoiado esta iniciativa, muitas vezes, contribuindo para a angariação de fundos e outras colaborando com o seu trabalho no que respeita à elaboração de acessórios e à concepção e montagem de cenários.

Professores envolvidos no projecto de 2000 a 2002

Nos primeiros anos, no âmbito da chamada Área Escola, o teatro começou a dar os primeiros passos na nossa Escola e a professora Maria de Lurdes Gual não esteve sozinha nesta aventura. Acompanharam-na, de forma mais estreita, os colegas Alexandra Pinto, Paulo Duarte, Manuela Pinto, Natália Frias e Miguel Topa. De 2000 a 2002, uma turma de Ciências e uma turma de Artes uniram-se para dar continuidade a um projecto, iniciado no ensino básico, pela mão da professora de Língua Portuguesa, Maria de Lurdes Gual. No total de 48 alunos, deu-se início a um desafio que ainda não terminou e que, felizmente, estimulou alguns alunos a integrarem, com sucesso, o mundo da representação por esse país fora. A todos eles um agradecimento muito especial por terem partilhado, com aquela que lhes fez despertar o”bichinho do teatro”, o sonho de trazer a arte dramática até à escola, acreditando na sua importância, apesar das dificuldades inevitáveis mas sempre ultrapassáveis.

O Trio Inseparável

No ano seguinte, foi a vez de uma turma do Ensino Básico adoptar a mesma estratégia. Maria de Lurdes Gual, Manuela Pinto e Teresa Margarida Costa, professoras da referida turma, quiseram ajudá-los a dar voz ao seu sonho e todos juntos formaram o verdadeiro alicerce do Grupo de Teatro, que, no ano seguinte, haveria de incluí-los a eles e a muitos mais colegas de outras turmas. Estiveram juntos nos três anos seguintes e fizeram toda a diferença, mostrando que uma escola virada para o futuro tem de abrir as portas à arte e o teatro é arte.
O trio de professoras que os acompanhou mantém-se até hoje unido nas boas e nas más horas. Uma é coordenadora, mas as outras estão lá para apoiar e não deixar findar o sonho, apesar das mudanças abruptas que o evoluir dos tempos tem trazido à escola, às pessoas e à sociedade em geral.

“Os Serafins” em 2011

Aproxima-se mais uma data de apresentação do projecto teatral do Grupo “Os Serafins”, para o presente ano lectivo, prevendo-se a sua participação no V Festival de Teatro de S. João da Madeira, que decorrerá de 28 de Abril a 15 de Maio, no Auditório dos Paços da cultura. Estão ainda agendadas mais 4 sessões (tarde e noite), nos dias 3 e 4 de Junho, no mesmo espaço, de modo a que seja possível proporcionar à comunidade escolar e local a assistência à peça “As Mil e Uma Noites”, obra ímpar da literatura oriental.