O "Fogo" foi o mote do Agrupamento de Escolas Dr. Serafim Leite para o domínio da articulação curricular, neste sentido um grupo de alunos do 12º ano do Curso de Artes Visuais decidiu que queria fazer algo para os Bombeiros e que a criação de um mural seria desafiador e entusiasmante.

bombeiros1Estava dado o primeiro passo para um projeto que se desenvolveu em quatro meses, ao longo dos quais o Afonso Fernandes, a Angel Domingos, a Dália Quintas, a Joana Silva, a Josiane Duarte, a Leonor Reis, a Letícia Carvalho e a Maria Cristino dedicaram muitas horas do seu tempo livre para a realização e concretização da ideia que surgiu.

Foi em março que marcaram a primeira reunião com o Comandante dos Bombeiros de São João da Madeira para sondarem a recetividade dos mesmos à sua proposta e esta não poderia ter sido melhor, vieram motivados, sensibilizados e decididos a concretizar a sua oferta independentemente dos constrangimentos que pudessem surgir. A sensação de que a sociedade procura os Bombeiros sempre que precisa mas nem sempre agradece por tudo o que fazem, foi a ignição para a perseverança deste projeto que envolveu muito mais do que os tempos do horário escolar.

bombeiros3Um mês e meio foi o necessário para planear tudo, desde a seleção do espaço, ao esboço da ideia, passando pelo desenvolvimento da mesma enquanto resultado final, foram as primeiras etapas e as mais fáceis de todo o processo. Neste tempo, a pesquisa sobre como realizar, o levantamento das necessidades para a execução do trabalho, a realização de orçamentos em função do material necessário, a elaboração de uma lista de uma dezena de empresas que poderiam ser possíveis patrocinadores, o cartaz de apresentação do projeto e todos os aspetos que elencam a realização de um projeto foram definidos e com a preciosa colaboração da Diretora do Agrupamento que permitiu a utilização da imagem do agrupamento para estabelecer todos os contactos, em meados de abril tudo estava pronto para a angariação do material necessário para a execução do trabalho.

Seguiram-se tempos de alguma angústia, passaram quatro semanas sem respostas, apesar dos emails e dos telefonemas nenhum dos possíveis patrocinadores deu resposta positiva ou sequer respondeu, parecia que o projeto estava condenado por falta de dinheiro para a compra do material necessário e começou-se a pensar em alternativas, não concretizar o projeto estava fora de questão.

Faltavam três semanas para acabar o ano letivo e um leilão com trabalhos realizados pelos alunos foi uma das hipóteses levantada, a questão era saber se era exequível uma vez que o ano estava a acabar, os exames nacionais estavam a chegar e toda a execução estava por fazer. Foi uma fase difícil, parecia que tudo conspirava para que o projeto não se concretizasse.

bombeiros2Eis que surge "uma luz ao fundo do túnel", um patrocinador, uma empresa sanjoanense que decidiu acreditar no projeto e ofereceu as tintas que tanta falta faziam.

Foi o necessário para arrancar com a execução e a partir daí todo o tempo livre foi dedicado à realização do projeto, dias de azáfama, entre a compra das tintas, a preparação do local para intervenção, a projeção da ideia para o espaço e a pintura, tudo decorreu sem incidentes e como o planeado.

Foram semanas intensas mas gratificantes, por um lado os Bombeiros, pessoas generosas que receberam os alunos de braços abertos, prestáveis perante as suas solicitações e disponíveis para ajudar; por outro lado, um crescimento pessoal para cada um dos alunos envolvidos, um desafio que potenciou as suas capacidades de comunicação, organizativas e de resolução de problemas, mas também o desenvolvimento exponencial da sua autonomia e responsabilidade. Alunos preparados para uma vida ativa e interventiva na comunidade em que se inserem.

É impossível não referir quem permitiu que uma vontade se tornasse uma ação concreta em prol da comunidade. Os mais sinceros agradecimentos aos Bombeiros Voluntários de São João da Madeira pela abertura à ideia, ao Centro de Arte de São João da Madeira pelo apoio na pesquisa técnica sobre o trabalho, à Cartonagem Trindade pelo apoio material sem o qual não seria possível realizar o projeto, à Viarco pelo apoio complementar e à Diretora do Agrupamento por ter apoiado a iniciativa dos alunos.

Sónia Araújo

bombeiros 4

bombeiros 4

Clicar na imagem para visualizar todas as fotos.


Blogue da Biblioteca Escolar

  • Aproveitar as férias para ler

    Jul 25, 2022

    Aproveitar as férias para ler Os leitores do AESL aproveitam as férias para fazer o que mais gostam – ler, ler, ler… O 3.ºA da EB do Parque dá o exemplo! Ler em todo lado, em qualquer altura… em família, claro! Acessos: 53

  • Ler em Família

    Jul 10, 2022

    Ler em Família No AESL lemos em família. Eis uma pequena mostra desta leitura de famílias fantásticas e de leitores a tempo inteiro. Ler é espetacular ! Ler em família é simplesmente MARAVILHOSO!!! Acessos: 29

  • Feira do Livro na Praça Luís Ribeiro

    Jul 7, 2022

    Feira do Livro na Praça Luís Ribeiro Aviso para todos os amantes de livros (ou seja, todos nós!!!):Dias 8, 9 e 10 de julho, na Praça Luís Ribeiro, vai ser realizada uma mega Feira do Livro! Com um programa variado e atividades para todas as idades! Sem[…]

  • O Fogo de Prometeu

    Jul 2, 2022

    O Fogo de Prometeu Trabalhos dos alunos, sobre “Os 4 Elementos”,  publicados no site do PNL. Veja aqui: https://pnl2027.gov.pt/np4/fogodeprometeu2022.html Acessos: 5

  • Ler + Mar

    Jul 2, 2022

    Ler + Mar Trabalhos dos alunos, sobre “Os 4 Elementos”,  publicados no site do PNL. Veja aqui: https://pnl2027.gov.pt/np4/lermaismar2022.html Acessos: 3

 
 
 

Portal do AESL

logotipo ESCOLA EMAIL