A AMJ é um projeto ainda muito jovem, fruto de um desafio da Assembleia Municipal de S. João da Madeira que contou com a exímia colaboração de todos os agrupamentos sanjoanenses. Assim, após as três sessões efetuadas, nos dias 9 de janeiro, 13 de março e 29 de maio, que culminou com decisões importantíssimas em benefício da nossa cidade, todos os envolvidos, deputados, coordenadores, membros da Câmara Municipal, da Assembleia e da Junta de Freguesia, entre outros convidados, foram presenteados com uma viagem de dois dias a Lisboa e Peniche, nos dias 2 e 3 de julho.
Como resultado desta fantástica experiência, eis os testemunhos dos deputados da Serafim Leite:

 

AN AMJ final

 


1.º ciclo

Dinis Costa - (EB Fundo de Vila)


DinisPela minha participação na “Assembleia Municipal Jovem”, fui numa visita a Lisboa com os meus colegas. Inicialmente, estava nervoso, mas ainda bem que, depois, me comecei a divertir.
Ao chegarmos a Lisboa, a nossa primeira paragem foi na Assembleia da República, tendo sido possível uma visita guiada pelo edifício. Após esta extraordinária visita, fomos almoçar ao refeitório da AR.
A nossa próxima paragem foi na P.C.M., ou seja, na Presidência do Conselho de Ministros, onde conhecemos personalidades ilustres e onde nos explicaram o funcionamento deste órgão tão importante para o nosso país. Depois, separámo-nos em dois grupos (um com alunos do quarto ao sexto anos e um outro do sétimo ao décimo segundo anos), tendo eu ficado, obviamente, no primeiro grupo. Assim, tive a oportunidade de visitar a sala de reuniões de todos os Ministros de Portugal. Cada um sentou-se no lugar de um Ministro, mas eu fui diferente, pois pude sentar-me no lugar de dois ministros diferentes: o primeiro foi no assento do Ministro da Agricultura e, depois, no do Ministro da Ciência, tendo deixado um pedido por escrito a ambos.
Após esta aventura, eu e os meus colegas ficámos alojados no hotel AS, jantámos e preparámo-nos para passear na noite lisboeta. Por isso, fomos ao Hard Rock comprar algumas recordações e também ao Starbucks, locais onde estive pela primeira vez, tendo eu bebido café com leite e chocolate que me souberam tão bem! Ah! A nossa viagem entre o hotel e a zona visitada foi feita de metro.
No dia seguinte, depois de uma noite bem dormida, acordei bem cedinho e fui tomar o pequeno-almoço. Logo a seguir, voltei ao quarto e arrumei os meus pertences, porque iríamos começar a viagem que foi um pouco demorada. Já em Peniche, após uma caminhada matinal, fizemos uma pausa para o almoço a que se seguiu a visita ao Forte de Peniche bem diferente da que realizámos na Assembleia, uma vez que cada recanto ia sendo acompanhado por um texto recontado por uma guia de som e testemunhos gravados que nos iam revelando factos e histórias sobre o Forte de Peniche.
Assim que terminou a visita e após nos refrescarmos com bebidas e gelados bem apetitosos, fomos para o autocarro em direção a S. João da Madeira. Ao chegar à nossa cidade, contei aos meus pais tudo acerca desta fantástica visita. Confesso que o que mais adorei, nesta visita, foi conhecer novos sítios, os quais nunca esquecerei, e pessoas que marcaram este meu ano letivo.

Dinis Costa (4.º A_Fundo de Vila)

 

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Mafalda Mortágua (EB_Parque)

Mafalda

Saímos de S. João da Madeira, tendo como destino a Assembleia da República, onde tivemos direito a uma visita guiada e a oportunidade de contactar com diversos deputados. À tarde, fomos até à “Casa dos Ministros”.
Fomos para o hotel e, no dia seguinte, visitámos o Forte de Peniche, onde realizámos uma visita guiada virtual.
De seguida, voltámos para S. João da Madeira. Esta visita, que se prolongou por dois dias, foi divertida e permitiu que alargássemos os nossos conhecimentos.

 

 

Mafalda Mortágua (4.º A_Parque)

 

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

2º Ciclo

Gonçalo Sá 


GonçaloEu gostei muito da viagem a Lisboa, porque me diverti imenso com os meus colegas da Serafim, a minha escola, e também com as professoras. Em Lisboa, gostei da ida à Assembleia da República, pois consegui ver a Sala do Senado que aparece na TV, e também à “casa dos ministros” e foi fantástico o facto de estarmos no local em que sucedem as reuniões que definem o futuro do nosso país. Em Peniche, gostei muito do forte e de ouvir as muitas histórias de presos do nosso país, de Cabo Verde e de outros sítios. Também tive a sorte de ficar no grupo que ouviu, através de fones, os esclarecimentos da visita em vez de uma guia. Gostei de ir ao Hard Rock, em Lisboa, e ao Starbucks, assim como do nosso hotel. Foi, sem dúvida, uma experiência divertida!

 

Gonçalo Sá (6.º A)

 

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

3º Ciclo

Maria Eduarda Oliveira 

Eduarda
Aos 2 e 3 dias do mês de julho, do ano 2019, a Assembleia Municipal Jovem deslocou-se à Assembleia da República. Na minha opinião, deixou marcas que, com certeza, recordarei mais tarde. Será inolvidável o convívio com todos os meus colegas e todas as brincadeiras que vivi e partilhei, tendo confraternizado com todos aqueles que estiveram comigo na aventura de sermos Deputados municipais jovens.

 

 


Maria Eduarda Oliveira (8.º C)

 

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Maria João Santos 

MJoãoNos dias 2 e 3 de julho, foi-me dada a oportunidade de fazer uma viagem de dois dias com um conjunto de colegas, professores e membros da Junta de Freguesia, Assembleia Municipal e Câmara Municipal, no âmbito do projeto “Assembleia Municipal Jovem”. A saída de São João da Madeira decorreu por volta das 7h30, em direção a Lisboa, para visitarmos a Assembleia da República e eu confesso que estava muito ansiosa por o fazer, pois nunca tinha visitado a Casa da Democracia, local onde as decisões mais importantes do nosso país são tomadas. Também adorei ter ido visitar a Presidência do Conselho de Ministros, porque me sentei na cadeira do Primeiro-Ministro, António Costa, e quase me senti a governar o nosso país. Este momento foi o que mais me marcou.
À noite, o grupo de alunos e professoras da nossa escola foi passear pelas ruas da capital, passando pelo Hard Rock Café e pelo Starbucks. Foi mesmo muito divertido! No segundo dia, fomos visitar o Forte de Peniche, onde se situa o Museu Nacional da Resistência e da Liberdade, tendo ficado muito sensibilizada com os relatos de alguns dos acontecimentos que lá ocorreram, na época salazarista.
No geral, gostei imenso da visita e da companhia dos meus colegas de escola e das professoras que nos acompanharam e gostava imenso de repetir a experiência para o ano.

Maria João Santos (9.º C)

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Bernardo Fonseca

Bernardo1

Nos passados dias 2 e 3 de julho, em compensação do trabalho realizado no projeto da “Assembleia Municipal Jovem”, nós, alunos envolvidos nesta iniciativa, realizámos uma visita de estudo a Lisboa, sendo que o ponto alto, na minha perspetiva, foi a visita à Casa da Democracia.
Poucos minutos passavam das sete horas e trinta minutos, quando começou a nossa viagem com destino à Assembleia da República, onde visitámos as duas salas de debate, os jardins e a Sala dos Passos Perdidos. Aqui, decorreu, também, o nosso almoço.
Já de tarde, dirigimo-nos para o edifício da Presidência do Conselho de Ministros, onde visitámos o auditório do mesmo e a sala de reuniões, tendo sido recebidos pela Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, em cujo lugar tive a oportunidade de me sentar, e pelo Secretário de Estado que nos explicaram um pouco acerca dos trabalhos realizados neste edifício.
Já no dia seguinte, pelas dez horas da manhã, dirigimo-nos para Peniche onde visitámos uma antiga prisão política, tendo terminado, assim, a nossa visita. De seguida, voltámos para S. João da Madeira. Esta foi, sem dúvida, uma visita muito interessante.


Bernardo Fonseca (8.º C)

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Ensino Secundário

Rita Rodrigues

RitaNos passados dias 2 e 3 de julho, no âmbito do projeto "Assembleia Municipal Jovem", tive o prazer de ir a Lisboa acompanhado pelos meus colegas e jovens deputados sanjoanenses.
Com efeito, no primeiro dia, a partida deu-se às 7:30 da manhã, em frente à Câmara da nossa cidade. Seguiu-se uma viagem de cerca de 3 horas com destino à Assembleia da República, em Lisboa. Assim, nessa manhã, tivemos o privilégio de sermos acompanhados pelo Deputado Diogo Leão (Partido Socialista) que, da melhor maneira possível, nos conseguiu explicar tanto o funcionamento como a História daquele edifício. Deste modo, visitámos as principais salas, como a Sala do Senado e o Plenário da Assembleia da República. A clareza e a eloquência do discurso do Deputado foram louváveis e julgo que qualquer jovem deputado compreendeu a explicação.
Após esta visita, seguiu-se um pequeno diálogo com deputados do Círculo Eleitoral de Aveiro, que não pouparam elogios a esta iniciativa. Depois do almoço na cantina da AR, apanhámos o nosso autocarro que nos levou à Presidência do Conselho de Ministros. Aqui, tive a possibilidade de falar com a Ministra Mariana Vieira da Silva e o Secretário de Estado, Tiago Antunes, que se revelaram bastante simpáticos e prestáveis.
O dia acabou com um belo jantar no hotel e o típico convívio entre os jovens e os professores.
No dia seguinte, após a viagem e o almoço em Peniche, visitámos a prisão na qual pudemos sentir a realidade do Estado Novo.
Concluindo, julgo que esta iniciativa esteve muito bem organizada e conseguiu, indubitavelmente, elucidar todos os jovens que nela participaram sobre como é que funciona a política, no nosso país.
Nuno Francisco Gomes (12.º A)
Devido à nossa participação na “Assembleia Municipal Jovem”, foi-nos proporcionada uma pequena mas incrível viagem a Lisboa. Foram dois fantásticos dias durante os quais pudemos conhecer sítios e pessoas como criar bons momentos e memórias!
O primeiro dia começou logo de manhãzinha com a visita à Assembleia da República e aos seus belos recantos. A beleza do edifício impressionou-me bastante. Durante a tarde, dirigimo-nos para a Presidência do Conselho de Ministros. Aí, foi-nos dada uma pequena explicação do que lá se passa e também a oportunidade de deixarmos mensagens a alguns ministros.
A noite do primeiro dia foi a parte mais divertida! As professoras foram umas queridas e partiram connosco numa viagem de metro até ao centro da cidade, tendo sido locais obrigatórios, para nosso regozijo, o Hard Rock Café e o Starbucks.
O segundo dia foi passado em Peniche. Lá, visitámos o Museu Nacional da Resistência e da Liberdade, no Forte de Peniche, e, pessoalmente, adorei!
Voltámos, então, para casa, mas com muita pena. A nossa vontade era ficar na capital mais algum tempo! Mas não nos podemos queixar, uma vez que foram dias bastante interessantes e divertidos! Temos, realmente, de agradecer à Câmara da nossa cidade e a este grande desafio que todos nós abraçámos!


Rita Rodrigues (11.º B)

 

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Samuel Silva

Samuel

Após um ano de trabalho em prol da nossa cidade, chegou a hora de desfrutarmos de dois dias na capital e, especialmente, na Casa da Democracia portuguesa.
Começo por afirmar que esta foi uma viagem bastante marcante em várias áreas. Tudo esteve excelente, mas há dois momentos que me marcaram imensamente: a Presidência do Conselho de Ministros, pois, para além da amável receção, pude imaginar o peso que um ministro tem na hora de tomar uma decisão para o nosso país; e o Forte de Peniche que me marcou mais do ponto de vista emocional. Apesar de não apreciar visitas a museus com auscultadores nos ouvidos, esta foi uma viagem ao passado que, com a ajuda dos áudios, me fez sentir, mais de perto, pela voz dos testemunhos, a dor, os pensamentos e a frustração de todos os presos (políticos) que por aqui passaram… Verdadeiros tempos de angústia!
Uma viagem que me fez crescer enquanto ser humano e cidadão que, com certeza, repetiria.

Samuel Silva (11.º B)

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Todos estes testemunhos refletem dois dias bem preenchidos de convívio, aprendizagens, novas experiências e um enriquecimento cultural impagável. Para o ano, acreditamos que seremos, com certeza, presenteados com mais uma iniciativa de “chorar por mais”! Tudo por causa do futuro de S. João da Madeira! Até breve!

Cristina Correia e Dina Sarabando (AESL)

 

 

Para ver as fotos e o vídeo dos dois momentos da viagem, clique nos links seguintes:

AMJ - Lisboa - Assembleia da República e Presidência do Conselho de Ministros

AMJ - Peniche - Museu da Resistência

AMJ - Reportagem Vídeo