Num verdadeiro hino à natureza, a comunidade serafina festejou, no dia 28 de junho, na Escola Básica do Parque, um dos grandes projetos do ano letivo, inserido no programa do Clube de Ciência Viva, a inauguração do Charco Pedagógico, o qual tem sido coordenado pelos docentes Marisela Oliveira e Pedro Gual.

«Agora Nós» - O que é um Centro Qualifica?

Sandra Tudella - Trata-se, o CQ, de um centro especializado na qualificação de adultos, com idade igual ou superior a 18 anos, que promove a aprendizagem ao longo da vida e a melhoria das qualificações escolares e profissionais, valorizando os seus percursos individuais.

AN - Que valências apresenta o CQ Serafim Leite?

ST - Este promove a orientação e o encaminhamento dos adultos com vista à obtenção de uma qualificação escolar e ou profissional, nomeadamente para processos de Reconhecimento, Validação e Certificação de competências adquiridas ao longo da vida (RVCC), para cursos de Português Língua de Acolhimento (PLA), para formações modulares de curta duração ou, ainda, para cursos de Educação e Formação de Adultos (EFA).

Através do Espaço, da Terra, do Mar e do Fogo (mitológico), os nossos pequenos e grandes aventureiros (do 1.º ciclo ao Ensino Secundário) foram, mais uma vez, construtores de trabalhos dignos de apreço e que, por isso, mereceram, de novo, um lugar no pódio do «Plano Nacional de Leitura».

... em pleno coração de Estrasburgo (e não só)

Através da Câmara e da Assembleia Municipais de São João da Madeira, a Serafim Leite partiu, de novo, rumo a uma nova aventura espraiada ao longo de 4 dias, no âmbito de dois grandes projetos, «Assembleia Municipal Jovem» e «FORA Erasmus», a qual serviu de prémio de participação e de estímulo, de acordo com o trabalho responsável, empenhado e consciente desenvolvido em 2022’23. Deste modo, o Agrupamento de Escolas Dr. Serafim Leite foi representado pelas alunas Lara Oliveira (representante no âmbito da AMJ), e Maria Sá, Beatriz Tavares e Nádia Santos (candidatas ao programa Erasmus+) que, juntamente com as representantes dos Agrupamentos Oliveira Júnior e João da Silva Correia, assim como do CEI, voaram pela Europa com destino a Estrasburgo.

Nos pretéritos dias 29 e 30 de maio, teve lugar a Sessão Nacional do “Parlamento dos Jovens”, do Ensino Secundário, tendo alcançado o Agrupamento de Escolas Dr. Serafim Leite o direito de representar, como tantas vezes já sucedeu, o Círculo Eleitoral de Aveiro.

Esta missão parlamentar foi assumida, com responsabilidade e mérito, por uma comitiva de excelência: os deputados Lara Oliveira (11.ºA) e Rúben Marques (10.ºC) e o repórter Cláudio Silva (11.º B), acompanhados pela coordenadora do projeto, Dina Sarabando.

As diferentes delegações do Continente, das Regiões Autónomas, da Europa (Reino Unido) e Fora da Europa (Timor Leste) chegaram à Casa da Democracia, após o almoço, a fim de se dar início aos trabalhos respeitantes ao primeiro dia parlamentar. Os deputados do AESL foram incluídos na 1.ª Comissão (sala 1), presidida pelos representantes do PS, José Carlos Alexandrino, e do CH, Rita Matias.

Viagem a Lisboa – o prémio após um ano de muitas experiências…

A Assembleia Municipal Jovem é um projeto proposto pela Câmara Municipal de S. João da Madeira e que conta, já, com cinco edições, de acordo com o trabalho desenvolvido por todas as escolas sanjoanenses, direcionado a todos os alunos da cidade, do 4.º ao 12.º anos de escolaridade, com vista à promoção do seu papel cívico e à intervenção social, fomentando, deste modo, o gosto pela participação política. Nesse sentido, após as três sessões efetuadas (dias 15 de fevereiro, 15 de março e 03 de maio), que culminou com decisões importantíssimas, sugeridas pelos jovens de S. João da Madeira, em benefício da sua cidade, todos os envolvidos, deputados e coordenadores, foram presenteados, uma vez mais, com uma viagem de dois dias a Lisboa, Lourinhã, Peniche e Leiria, circunstância que ocorreu nos dias 04 e 05 de julho, contando com a presença de elementos representativos da Câmara e da Assembleia Municipais.

 FBIMG1689775886452

1.º dia

Um dia em grande, rumo à Casa da Democracia. Saímos de São João da Madeira, de junto ao Fórum Municipal, pelas 7 horas e trinta minutos. A comitiva do Agrupamento de Escolas Dr. Serafim Leite era constituída pelos seguintes elementos: Benedita Pereira (4.º B da EB do Parque), Leonor Lima (5.º A), Rafael Fernandes (5.º A), Mariana Santos (5.º B), Mariana Martins (9.ºC), Maria Santos (10.ºA), Lara Oliveira (11.º A), Cláudio Silva (11.ºB), Bernardo Fonseca (12.ºA) e os professores Dina Sarabando e José Paiva.
Chegámos à Assembleia da República, por volta das 11h00, onde fomos recebidos pelo Sr. Deputado Hugo Oliveira, do PS, que já tinha estado na nossa escola, numa sessão do «Parlamento dos Jovens», tendo-se recordado do facto, e pela secretária do Partido Socialista. Coube a estes a transmissão das mais profundas e interessantes informações, ao longo de toda a visita. Fomos percorrendo espaços magníficos, recheados de cultura, política e história, capazes de suscitar as mais variadas sensações aos presentes. Estivemos, pela exuberância do espaço - a Sala dos Passos Perdidos, um longo tempo a digerir toda a beleza circundante, rodeados de grandes políticos de outrora, como o nosso Padre António Vieira, Almeida Garrett e Alexandre Herculano. Os painéis aí presentes, que revelam vultos nacionais, são da autoria do pintor Columbano Bordalo Pinheiro.

E, como não podia deixar de ser, tivemos o prazer de nos posicionarmos na Sala das Sessões. Neste momento, contámos com vários deputados eleitos pelo Círculo Eleitoral de Aveiro, do PS e do PSD, que, de forma prazenteira, responderam às insaciáveis perguntas dos jovens deputados. Tirámos, ainda, excelentes fotografias para mais tarde recordar.

Entretanto, chegada a hora de almoço, percebemos que poderíamos regressar, no período da tarde, para assistirmos, nas galerias, a uma Sessão Plenária. Deslocámo-nos à cantina do ISEG (Instituto Superior de Economia e Gestão), mesmo ao lado da Assembleia da República, e aí, num ambiente muito agradável, convivemos um pouco entre todos. Regressámos às galerias da Assembleia da República, onde pudemos assistir, então, à Sessão Plenária em torno da Jornada Mundial da Juventude, que ocorrerá no início de agosto, tendo-se constatado uma acesa troca de dados, opiniões e argumentos, sobretudo vindos do partido Chega.

A sessão teve o seu arranque com a intervenção do partido Iniciativa Liberal e, depois, seguiram-se os restantes, em diferentes rondas e com um grande rigor por parte de todos, procurando o Partido Socialista defender a posição assumida pelo governo de António Costa. Quase a terminar a nossa presença neste local carregado de História, fomos abordados, nas galerias, pelo nosso conterrâneo, o deputado Pedro Nuno Santos, ex-Ministro das Obras Públicas, que retomara o seu lugar de Deputado, precisamente neste dia, atraindo a si a atenção de todas as câmaras, que tentavam o melhor enquadramento, situação que nos permitiu aparecer nos diferentes serviços noticiosos da tarde, nos vários canais de televisão. A sessão continuava acesa, contudo, porque outras obrigações o impediram, não ficámos até ao seu término.

O adeus foi dirigido à «casa de todos nós», uma vez que a agenda mostrava um outro compromisso: a Presidência do Conselho de Ministros. Aqui, fomos recebidos e esclarecidos pela Ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva, e pelo Secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros, André Moz Caldas. Não faltaram as questões dos nossos jovens deputados que, por momentos, se posicionaram no assento de cada um dos Ministros de Portugal, tendo deixado, a cada um dos elementos ministeriais, uma missiva com questões pertinentes. Foi, na verdade, um dos momentos apoteóticos do dia, pela sensação que causou a cada um dos jovens políticos, pela importância do local, e viemos, sem dúvida, bem mais esclarecidos sobre a orgânica da Presidência do Conselho de Ministros e todos os seus afazeres em prol do nosso país.

O dia já ia longo e, por isso, despedimo-nos da capital em direção à Lourinhã, mais propriamente à Pousada da Juventude da Areia Branca, onde nos esperava o jantar e aí ficámos alojados, um local lindíssimo, muito próximo do mar, a ponto de ouvirmos o bater das ondas na costa. Como seria de esperar, realizámos, após a refeição, um passeio noturno pelos passadiços, a fim de conhecermos a zona envolvente e, sobretudo, de saborearmos aquele recanto marítimo.

AMJ 2223

Na sequência da atribuição do Prémio de Ilustração 2022, a Junta de Freguesia de S. João da Madeira proporcionou às crianças da sala 3, do Jardim de Infância do Parque, um dia memorável, no Museu de Serralves, repleto de aprendizagens, diversão, conexão com a natureza e um conhecimento mais alargado do património cultural...

Um momento e um prémio que nunca mais serão esquecidos!

Ver o vídeo AQUI

«Serafim Leite – uma escola ao encontro da Era Digital, em cada sala de aula?»

 

            A 3.ª edição do projeto decorreu na parte final do 2.º semestre e, mais uma vez, os alunos demonstraram um grande entusiasmo, não só na pesquisa efetuada em torno da temática, mas também no aceso debate levado a cabo, refletindo sobre as medidas mais adequadas à temática envolvente e pensando, sempre, no futuro do seu Agrupamento. Viveram-se, portanto, momentos de grande convicção democrática e com sentido de preparação para um Agrupamento onde se valoriza, sem sombra de dúvida, a “voz dos alunos”!

            O ponto final culminou na aprovação dos Projetos de Resolução Finais, de ambos os ciclos de ensino, Básico e Secundário, do 1.º ciclo ao Ensino Secundário, que serão, em data a marcar, apresentados no Conselho Geral. Contudo, as medidas mereceram um tamanho aplauso e emoção acrescida, da parte da nossa Diretora, que, mesmo as não aprovadas, serão motivo de análise.

Os alunos do 3.ºA da Escola Básica do Parque foram desafiados a desenvolver um projeto de investigação sobre animais. Deste modo, partindo do pressuposto de que os animais são seres únicos e de extrema importância e de que cada espécie tem as suas características próprias, como a cor, o tamanho, o tipo de alimentação e o ambiente em que vivem, os alunos fizeram novas descobertas.

Realizaram, assim, diversas pesquisas, debateram ideias e apresentaram as suas conclusões, conseguindo, ainda, dar forma aos seus animais, construídos com recurso a diversos materiais de desperdício e ou provindos da natureza.

 
 
 

Portal do AESL

logotipo ESCOLA EMAIL