Frederico Alves, presidente da Associação de Estudantes, esteve, no passado dia 28 de março, nos estúdios da SIC Radical, em Lisboa, para receber o prémio atribuído à nossa escola pelo primeiro lugar na segunda fase do concurso "POW – dá power ao electrão", na categoria Escolas.

O ponto de partida para esta participação foi a divulgação do concurso efetuada pela revista Fórum Estudante. Vários foram os alunos que leram e que, de forma espontânea, se agruparam para responder ao desafio lançado: provar que "a minha escola é mais consciente do que a tua". Acreditando que podem fazer parte da solução que querem ver e viver no Mundo, estes alunos assumiram integralmente que fazem parte do presente, e que podem, hoje, romper com mentalidades arcaicas e, arregaçando as mangas, partiram rumo à mudança da consciência coletiva necessária para que exista uma verdadeira evolução da Humanidade.

As pessoas são "contagiosas". No vídeo criado para concurso, parte-se da ideia que uma banal conversa de café, ou na biblioteca, pode influenciar o comportamento do grupo e que, quando ouvimos os nossos amigos, lhes devemos dar crédito e experimentar as suas ideias. Foi nessa base que os alunos criaram o vídeo "Uma História Daquelas": numa conversa informal, retrataram a necessidade de colocar os REEE's (aparelhos eletrónicos avariados e/ou sem utilidade) nos pontos certos, pois estes podem ser reaproveitados para criar outros componentes eletrónicos; para além disso, esta é a atitude que beneficia o meio ambiente do nosso Planeta. E foi assim que os nossos alunos se tornaram "embaixadores do ambiente" e que a nossa escola recebeu 1 500€ de prémio.

O Frederico Alves, Fred como é conhecido, é positivo, informado e mobilizador de comportamentos e atitudes transformadoras. Elemento catalisador da participação da escola neste concurso mostrou, também, no CC ALL STARS a sua personalidade e, ao invés, da única intervenção prevista, o Fred interveio, a pedido da produção, por três vezes, sempre de forma esfusiante, assumindo mesmo, por momentos, o papel de apresentador.

Elisabete dos Inocentes

Frederico Alves, presidente da Associação de Estudantes, esteve, no passado dia 28 de março, nos estúdios da SIC Radical, em Lisboa, para receber o prémio atribuído à nossa escola pelo primeiro lugar na segunda fase do concurso "POW – dá power ao electrão", na categoria Escolas.

O ponto de partida para esta participação foi a divulgação do concurso efetuada pela revista Fórum Estudante. Vários foram os alunos que leram e que, de forma espontânea, se agruparam para responder ao desafio lançado: provar que "a minha escola é mais consciente do que a tua". Acreditando que podem fazer parte da solução que querem ver e viver no Mundo, estes alunos assumiram integralmente que fazem parte do presente, e que podem, hoje, romper com mentalidades arcaicas e, arregaçando as mangas, partiram rumo à mudança da consciência coletiva necessária para que exista uma verdadeira evolução da Humanidade.

As pessoas são "contagiosas". No vídeo criado para concurso, parte-se da ideia que uma banal conversa de café, ou na biblioteca, pode influenciar o comportamento do grupo e que, quando ouvimos os nossos amigos, lhes devemos dar crédito e experimentar as suas ideias. Foi nessa base que os alunos criaram o vídeo "Uma História Daquelas": numa conversa informal, retrataram a necessidade de colocar os REEE's (aparelhos eletrónicos avariados e/ou sem utilidade) nos pontos certos, pois estes podem ser reaproveitados para criar outros componentes eletrónicos; para além disso, esta é a atitude que beneficia o meio ambiente do nosso Planeta. E foi assim que os nossos alunos se tornaram "embaixadores do ambiente" e que a nossa escola recebeu 1 500€ de prémio.

O Frederico Alves, Fred como é conhecido, é positivo, informado e mobilizador de comportamentos e atitudes transformadoras. Elemento catalisador da participação da escola neste concurso mostrou, também, no CC ALL STARS a sua personalidade e, ao invés, da única intervenção prevista, o Fred interveio, a pedido da produção, por três vezes, sempre de forma esfusiante, assumindo mesmo, por momentos, o papel de apresentador.

Elisabete dos Inocentes