A nossa turma, o 7.ºC, participou no projeto “Narrativas Gráficas”, uma atividade do PEM. Assim, nas aulas de Expressa-te, criámos o guião para cada narrativa gráfica e, nas aulas de Educação Visual, procedemos à sua execução artística.

As nossas narrativas têm como tema “O Lápis” e, a partir desta temática, elaborámos histórias muito variadas – umas bem dispostas, outras sérias, outras que são verdadeiras tragédias ou originadas por verdadeiros enredos policiais!!! O nosso protagonista – o lápis – está em todas elas, podendo ser um protagonista forte, simpático, criativo, amoroso… ou não! E o lápis é mesmo tudo isto! Dependendo daquele que o utiliza, este pode levar-nos para muitas dimensões!

No dia 2 de junho, as turmas do 3.ºA e do 3.ºB da Escola Básica do Parque visitaram as salinas em Aveiro, onde aprenderam como se forma o sal e o processo da sua cristalização.

A visita, depois de um almoço ao ar livre no Parque da cidade, culminou com um passeio a bordo de um moliceiro pela ria de Aveiro.

Foi uma experiência única para alguns alunos e, desta forma, puderam conhecer a cidade navegando pelos quatro canais da ria.

Para celebrar este dia, os alunos do 3.º B, de Fundo de Vila, desenvolveram diversas atividades como a visualização do filme “João Ambiente”, um plugging pela escola e brincadeiras ao ar livre.

Este dia teve como principal objetivo sensibilizar os alunos para a importância da preservação do meio ambiente, criando uma postura crítica e ativa em relação aos problemas ambientais existentes no planeta, porque…

“Proteger o Meio Ambiente, hoje, é garantir recursos para as gerações futuras“.

No passado dia 1 de junho de 2023, uma equipa de alunos de Português Língua não Materna (A1) e de alunos do 7.º C, do AE Serafim Leite foram agraciados, no Auditório do Departamento de Educação da Universidade de Aveiro, com o 2.º lugar no concurso “Kamishibai Plurilingue”, na categoria dos 10-15 anos, promovido pelo Labling da mesma universidade, que contou com a participação de dezenas de escolas e agrupamentos de escolas ao nível nacional.

O “Kamishibai Plurilingue” é um projeto financiado pela União Europeia e que combina a participação das seguintes entidades: Associação D’une langue à l’autre (Dulala), coordenadora, e as Universidades de Aveiro, Aristóteles de Tessalónica e Paris 8 e, ainda, a Região Autónoma do Vale de Aosta.

No passado dia 2 de junho, cinco alunos da turma E, do 10.º ano, do Curso Profissional de Técnico de Mecatrónica, participaram na 17.ª Mostra Nacional de Ciência, promovida pela Fundação da Juventude, que decorreu no Centro de Congressos da Alfândega do Porto, tendo sido acompanhados pelos professores Ângela Resende e António Pinto.

No dia 2 de junho, decorreu a fase final do Concurso Nacional de Leitura, no Centro Pastoral de Torres Vedras. A final foi apresentada por José Carlos Malato e contou com a presença do Ministro da Educação, da Comissária do PNL, da Coordenadora da RBE, da Vereadora da Educação de S. João da Madeira, entre outros elementos.

Um dia passado entre livros, leituras e leitores. O vídeo da Victória, um dos dez melhores, selecionado pelo júri do concurso e colocado à votação do público, obteve o 5.? lugar. Parabéns, Victória! Continua a ler e a deslumbrar com as tuas leituras! A biblioteca escolar e o grupo de professores de Português muito agradecem todo o apoio da Direção do nosso Agrupamento, da Biblioteca Municipal e da Câmara Municipal de S. João da Madeira que tornaram possível esta aventura!

No dia 6 de junho, os alunos do 3.º B, da Escola Básica de Fundo de Vila, participaram numa atividade dinamizada pela APICCAPS (Associação Portuguesa dos Industriais de Calçado, Componentes, Artigos de Pele e seus Sucedâneos).

O objetivo desta iniciativa foi promover a indústria do calçado junto da população mais jovem para atrair novos talentos. Prevê-se que, até 2030, a indústria da moda venha a necessitar de 500 mil novos colaboradores e que abrangerá países como Portugal, Espanha, França e Itália.

À semelhança da iniciativa de sucesso levada a cabo nos últimos anos, este Agrupamento decidiu continuar com o projeto solidário de recolha e redistribuição de cadernos de atividades usados, do 5.º ao 12.º anos, afirmando-se como um contributo importante para a valorização do processo de ensino e de aprendizagem, essencial para a construção de uma sociedade mais unida e solidária. Dar e receber de volta é, afinal, uma maneira de apoiar e de ser apoiado e, simultaneamente, deixar uma marca na proteção do ambiente.

No dia 1 de junho, os deputados do 4.ºA, da Escola Básica de Fundo de Vila, representaram a sua escola e o seu ciclo de estudo, na Sessão Escolar d’ “O Parlamento na Serafim”, cuja temática, este ano, foi “Uma Escola ao Encontro da Era Digital”, sendo o lema do nosso Agrupamento "Dar a voz aos alunos".

Os alunos do 3.º e 4.º anos participaram no jogo didático SuperTMatik com base no vocabulário de Inglês, intra e interturmas, com muito entusiasmo e dedicação.

Numa fase final, os vencedores de cada ano jogaram ao nível ibérico. Aqui fica registado o momento da entrega dos certificados e prémios aos alunos do 1.º ciclo.

Parabéns a todos os envolvidos!

Os alunos Guilherme Silva e Diogo Dias, do 3.ºA da Escola Básica do Parque, foram distinguidos com Menções Honrosas no Concurso "Uma Aventura... Literária 2023", na modalidade Texto Original, no1.º ciclo (Trabalho Individual).

Os alunos, que conquistaram este prémio, receberam um meritório diploma de participação, assim como um livro das autoras Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada.

O 1.º ano foi surpreendido com um dia repleto de emoções na Quinta da Eira, tendo sido proporcionadas atividades muito interessantes, tais como: criação de sabonetes e perfumes, confeção de pizzas, pintura de vasos, plantação de alecrim, visita à aldeia dos animais, entre outras que animaram os mais pequeninos.

Foram momentos recheados de alegria, convívio e diversão, cujas memórias permanecerão guardadas no coração!

 
 
 

Portal do AESL

logotipo ESCOLA EMAIL