O jornal online "Agora Nós", procurando contribuir para o esclarecimento da comunidade educativa, no seu todo, e dos três setores que a constituem, a propósito das próximas eleições para o Conselho Geral, realizou uma entrevista a todas as listas concorrentes, dos três setores que compõem o Agrupamento. Em "continuar" poderão ser conhecidas as respostas às questões colocadas à Lista A dos Alunos, bem como a constituição da lista. As eleições serão no dia 10 de novembro.

 

AN - Qual a principal razão que vos levou a constituir esta lista?

A principal razão que nos levou a constituir esta lista foi o facto de considerarmos que representaremos, com seriedade e honestidade, os alunos e as suas vontades. A nossa intenção é fazer com que a voz de todos alunos seja ouvida nesse órgão.
Nós temos vindo a participar em vários outros projetos que nos fizeram “acordar”, analisar e refletir sobre as vivências do Agrupamento e, simultaneamente, a lutar pelo bem-estar dos alunos da Serafim Leite, considerando que estes são uma parte essencial da comunidade. Afinal, nós, alunos, somos uma significativa maioria da comunidade escolar e temos mesmo de ter voz, a nossa voz que, impreterivelmente, tem de ser respeitada e ouvida.
A nossa experiência, em cargos de representação de alunos, a vários níveis, é já reconhecida. Todos nós, Maria João Santos, Isaac Soares, Mafalda Silva, Bruna Santos e Ana Ferreira, participamos em projetos, como o Parlamento de Jovens, tendo contribuído para a apresentação de medidas relevantes para o combate a problemáticas que a todos nos preocupa. A Maria João representou, ainda, pelo segundo ano consecutivo, o Agrupamento como deputada na Assembleia Municipal de Jovens, já desde o Ensino Básico, tendo desempenhado um papel relevante na luta pelo início das tão desejadas obras do nosso Agrupamento, no momento em que estas estavam paradas. A sua voz ecoou no Fórum Municipal, dando o rosto por todo o Agrupamento, enquanto aluna que conhece, desde pequenina, a Serafim Leite.
Agora, com idade para, legalmente, concorrer ao Conselho Geral, consideramos que, face às provas que já demos, em projetos tão representativos, à escala municipal, distrital e nacional, reunimos as condições necessárias para representar os alunos serafinos e, desta forma, contribuirmos para que estes se sintam bem, se sintam felizes e se sintam bem representados na escola. Preocupamo-nos com todos e procuraremos ir ao encontro de soluções para os problemas de todos os alunos. Deixem-nos falar e escutem-nos – é o que tanto almejamos!

AN- Sabendo-se dos condicionalismos que enquadram as competências do Conselho Geral, indiquem as 3 medidas mais urgentes ou importantes, que gostariam de ver aprovadas nesse órgão.

Entre as várias competências do Conselho Geral, nós consideramos que as 3 medidas mais urgentes ou importantes pelas quais nos debateremos, nesse órgão, serão procurar, em conjunto com as entidades representadas nesse órgão, Câmara Municipal e Associações Empresariais e Comerciais e Associação de Pais, resolver problemas que, há muito, preocupam os alunos, a saber:
- existência de uma cobertura, desde a entrada da escola até ao edifício principal, para que nos sintamos mais protegidos, em dias de intempérie;
- mais espaços cobertos e destinados a momentos de lazer ou até de estudo conjunto;
- renovação do mobiliário de muitas salas de aula;
- aumento do número de computadores, nas salas de aulas, uma vez que esse recurso é cada vez mais utilizado e necessário como ferramenta pedagógica.
É igualmente importante propor atividades pedagógicas, científicas, culturais e desportivas que contribuam para uma maior motivação relativamente às nossas aprendizagens e que se coadunem com as vivências atuais dos estudantes.

AN - Como equacionam a relação entre o CG e a comunidade educativa no seu todo e os alunos em particular? Que medidas tencionam adotar para dar a conhecer aos alunos as medidas tomadas ou a tomar pelo Conselho Geral?

A nossa perceção é a de que a esmagadora maioria dos alunos desconhece a existência do Conselho Geral, a sua função na escola e os membros que a constituem. Aliás, cremos mesmo que julgam que o órgão mais importante de uma escola é a Direção, quando não é verdade. Desconhecem, ainda, as decisões que têm vindo a ser tomadas nesse órgão e de que forma essas acabam por influenciar as vivências dos alunos e toda a vida do Agrupamento ao qual pertencem e onde passam grande parte do seu tempo.
Assim sendo, queremos alterar essa situação e fazer com que os alunos passem a ser conhecedores das discussões levadas a cabo no Conselho Geral. Para isso, trabalharemos em conjunto com a Associação de Estudantes que, tal como o Conselho Geral, é uma organização fundamental numa escola e um dos elos entre alunos e professores, com a direção da escola e procuraremos participar nos Conselhos de Delegados de Turma.
Através das redes sociais, como o Instagram, o Twitter e o Facebook, pretendemos chegar mais facilmente aos alunos e divulgar o que é tratado e decidido nas reuniões. Através dos mesmos meios, auscultaremos os nossos colegas, tomando conta dos seus anseios, preocupações e intenções relativamente à escola e que mudanças gostariam de ver cumpridas, para, depois, como intermediários de toda a comunidade estudantil, aquando das reuniões do Conselho Geral, fazermos chegar a informação aos Conselheiros.

 

Lista A ALUNOS

 

 

 ListaA alunos fotos2

 


Blogue da Biblioteca Escolar

  • Graúdos e Miúdos, aprendemos, poupamos, aplicamos e solidificamos!

    May 26, 2022

    Graúdos e Miúdos, aprendemos, poupamos, aplicamos e solidificamos! No âmbito do projeto de literacia financeira ” Graúdos e Miúdos – aprendemos, poupamos, aplicamos e solidificamos! “, patente no Plano Anual de Atividades da BE, os alunos de Economia do 12º ano dinamizaram sessões em articulação com os 4º anos da[…]

  • 2.º Encontro Nacional AFC no Europarque

    May 25, 2022

    2.º Encontro Nacional AFC no Europarque A Rede de Bibliotecas Escolares está presente no 2.º Encontro Nacional Autonomia e Flexibilidade Curricular, que decorre nos dias 24 e 25 de maio, no Europarque, em Santa Maria da Feira. A Biblioteca do AESL também lá está. Acompanhe o “2.º[…]

  • História do Livro Activo

    May 21, 2022

    História do Livro Activo A Pré da EB de Fundo de Vila fez uma visita à biblioteca escolar do AESL – participou no reconto da “História do Livro Activo” e visitou à exposição com os trabalhos realizados pelas crianças!!! Sem dúvida uma manhã bem[…]

  • 5 de maio, Dia Mundial da Língua Portuguesa

    May 10, 2022

    5 de maio, Dia Mundial da Língua Portuguesa Para comemorar o Dia Mundial da Língua Portuguesa, o Plano Nacional de Leitura desafiou os leitores de várias línguas ou de diferentes áreas onde se fala Português, a ler na nossa língua – “Ler em vários sotaques”. Aqui ficam algumas dessas[…]

  • Hora do conto

    May 10, 2022

    Hora do conto Hora do Conto com a Professora Isabel Pinho: “Amélia quer um cão”. Construção de um cão com material reciclado e atividade PEM – Os animais e a saúde pública – sensibilização da médica veterinária Drª Vera Marques e registo da atividade[…]

 
 
 

Portal do AESL

logotipo ESCOLA EMAIL