Realizou-se, no passado dia 15 de julho, no auditório do CMI, da EB/S Dr. Serafim Leite, a cerimónia da tomada de possa da nova diretora do Agrupamento, professora Helena Resende. O ato enquadrou-se na reunião do Conselho Geral, presidido pela professora Isabel Valente, órgão responsável pela eleição da nova diretora. Além de membros do Conselho Geral, no auditório encontravam-se algumas dezenas de elementos representativos da comunidade educativa, uma vez que os condicionalismos impostos pela pandemia não permitiram o uso pleno da lotação da sala.

A presidente do Conselho Geral abriu a sessão, com a leitura da ordem de trabalhos e uma explanação sobre a forma como decorreria a sessão. No momento próprio, chamou à mesa a nova diretora, que leu e assinou o termo de responsabilidade, assinado, igualmente pela presidente do Conselho Geral, ato sublinhado por uma salva de palmas dos presentes. Estava consumada a tomada de posse.

Discurso da presidente do Conselho Geral

Seguidamente, a professora Isabel Valente deslocou-se à tribuna, para dirigir algumas palavras aos presentes:

Foi para mim uma honra ter dado posse à Dr. Helena Resende como diretora deste agrupamento e gostaria de lhe dirigir umas breves palavras.
Em primeiro lugar, desejo-lhe muito sucesso nas novas funções para as quais acabou de ser empossada, sendo que, garantidamente, o seu sucesso será o sucesso do nosso Agrupamento de Escolas.
Em segundo lugar, desejo que o caminho que for trilhado, se paute pela construção de pontes, que conduza à união e à paz de e com todos aqueles que constituem a Grande comunidade Educativa deste Agrupamento de Escolas Dr. Serafim Leite.
Desejo, ainda, que a sua gestão se caracterize pela perseverança, pelo equilíbrio, pelo dinamismo, sempre com base no respeito pela Igualdade e equidade de oportunidades de todos aqueles e aquelas que o constituem.
Estamos todos aqui disponíveis para a ajudar a levar a um muito bom porto o nosso agrupamento!
Muitas felicidades e sucessos para estes 4 anos de mandato!
Finalmente, as minhas últimas palavras são de agradecimento a todos aqueles e aquelas que constituíram a direção anterior, em especial à Drª. Anabela Brandão. Agradeço, de forma reconhecida, o trabalho desenvolvido e todas as conquistas obtidas em prol do nosso agrupamento.

As palavras da nova diretora

Ato contínuo, dirigiu-se à tribuna a professora Helena Resende, diretora recém-empossada para proferir o seu discurso de aceitação.

Ex.mas senhoras e senhores conselheiros, dos quais fazem parte o Ex.mo senhor Presidente da Câmara, a Ex.ma senhora vereadora da educação,
Ex.mos representantes das Associações Comerciais e Industriais,
Ex,mo representante da autoridade civil,
Ex.mos representantes dos meus colegas professores,
Ex.ma representante dos assistentes técnicos;
Ex.ma representante dos assistentes operacionais,
Ex.mos Pais e Encarregados de educação,
Ex.mos representantes dos alunos,
Ex.mo senhor diretor do centro de formação,
Ex.ma senhora presidente da junta,
Amigos, família….
Minhas senhoras e meus senhores,

Gostava de começar por dizer que é com uma enorme satisfação pessoal que registo a vossa presença neste auditório.
A tomada de posse de um diretor constitui naturalmente um momento de renovação e consequente expectativa na vida de um agrupamento pelo que, as minhas primeiras palavras são de agradecimento para a equipa diretiva cessante pelo trabalho, empenho e dedicação ao agrupamento ao longo dos últimos oito anos.
No projeto de intervenção que apresentei a este conselho geral referi que a minha Visão seria a de consolidar uma cultura de Agrupamento humanista, capacitadora da perpetuação dos valores do respeito pelos outros; da justiça; da educação; da solidariedade; da liberdade; da transparência, da democraticidade e da pluralidade participativa.
E acrescentei que a minha missão seria a de promover a equidade e aprendizagens de qualidade através de uma gestão democrática e participada, sustentada no trabalho colaborativo de toda a comunidade educativa e num ambiente harmonioso e impulsionador da inovação, do desenvolvimento dos valores e de competências que prepare os agentes educativos para os desafios e as imprevisibilidades do século XXI.
São estas palavras que hoje aqui reitero e que quero concretizar ao longo do mandato de 4 anos para o qual acabo de receber a vossa confiança.
Vivemos tempos de mudanças muito aceleradas e isso transporta incertezas e medos sobretudo quando confrontados com um contexto pandémico real que nos obrigou a adaptar e a readaptar práticas que para muitos de nós constituíam zonas de conforto. Não é fácil, mas temos que ver nessas mudanças oportunidades para evoluir e desenvolver sem nunca esquecer a herança sólida e consistente da identidade do nosso agrupamento.
É isto que se pretende para o AESL – uma instituição aberta ao mundo, aberta à mudança, integradora e responsável com o apoio e articulação entre todos aqueles que constituem a nossa comunidade educativa - os parceiros internos e externos sem exclusões (professores, pais, autoridades de administração local e nacional, centro de formação, académicos/pesquisadores, os meios de comunicação de massa e os restantes cidadãos e, claro….as nossas crianças e jovens em prol de quem todos estamos a trabalhar.
Termino dizendo que conto com o apoio de todos e certamente poderão contar com o meu apoio incondicional para uma expressão que se tornou quase um lema do meu projeto de intervenção e que é “a equidade e aprendizagens de qualidade”.
Agradeço todas as palavras de carinho e de apoio que tenho recebido ultimamente.

Música e simbolismo

Terminada a cerimónia protocolar, a professora Teresa Margarida encarregou-se de apresentar duas atividades de índole cultural. Em primeiro lugar, foi retomada uma velha tradição da Serafim Leite: animar os atos oficiais com momentos musicais. Para o efeito, foram chamadas ao palco duas professoras da casa que, há muito, formam um dueto para estas ocasiões: a professora Isabel Fontoura, já aposentada mas “sempre serafina”, e a professora Sónia Aires, docente de Filosofia no ativo. A acompanhá-las, estiveram dois músicos: Ricardo Mota professor de música da Escola de Música de Perosinho e Hélder Lemos.
Mesmo no final, a professora Teresa Margarida, num projeto de sua iniciativa, realizado com a colaboração de um ex-aluno de Artes Visuais, entregou a CHAVE DA ESCOLA à nova diretora e equipa de direção, às cantoras e músicos, bem como à Presidente do Conselho Geral e ao Presidente da Câmara.

A nova equipa diretiva

A professora Helena Resende apresentou, ainda, a equipa de professoras que a acompanhará nesta missão quadrienal, assim constituída:

Subdiretora: Raquel Moreira
Adjuntas:
1º CEB e Pré: Mirna Bernardo
2ºe 3º CEB – Maria João Oliveira
Secundário, E. Profissional e Recorrente: Diana Pádua

E, assim, de forma muito animada, terminou esta sessão que inicia um novo ciclo do Agrupamento de Escolas Dr. Serafim Leite.
À colega Helena Resende e a toda a restante equipa desejamos um mandato pleno de sucesso, traduzível na formação de cidadãos conscientes e aptos a enfrentar os desafios do futuro, desígnio maior do Agrupamento de Escolas dr. Serafim Leite.

 

Para ver todas as fotos da cerimónia, clique na imagem seguinte.

AN posse

 

AN posse1

 

 


Blogue da Biblioteca Escolar

Memórias da Serafim

  • PROJECTO DE TEATRO PARA PROFESSORES

    Sep 20, 2021

    PROJECTO DE TEATRO PARA PROFESSORES No ano letivo de 2008-09 foi criado o projeto de teatro para professores dinamizado pelas professoras Dina Sarabando, Isabel Fontoura, Stella Azevedo e Manuela Balseiro. Uma das das suas iniciativas foi um jantar republicano. Já o Espaço Aberto promovia o[…]

    Read more...
  • Jorge Sampaio

    Sep 11, 2021

    Jorge Sampaio Relembre a visita de Jorge Sampaio à Escola Secundária Dr. Serafim Leite em https://aeserafim.pt/memorias/2021/02/17/visita-do-sr-presidente-da-republica-dr-jorge-sampaio/

    Read more...
  • O campo de jogos.

    Sep 6, 2021

    O campo de jogos. Desde 1970 as actividades desportivas decorrem neste campo de jogos. Antigo, de asfalto, ininterruptamente usado por sucessivas gerações de alunos, o tempo tem vindo a dotá-lo de uma patine pouco consentânea com a saúde. Áspero e abrasivo, espera-se, e desespera-se,[…]

    Read more...
  • Os técnico-profissionais

    Aug 17, 2021

    Os técnico-profissionais Muita gente se espanta com a quantidade de prémios obtidos em concursos pelos alunos da Serafim Leite. Culpa deles e dos professores, atesta-o esta notícia publicada no jornal Labor de junho de 1988. Mais faremos notícia circunstanciada.

    Read more...
  • Os meliantes

    Aug 13, 2021

    Os meliantes Uma instituição não vive apenas de grandes momentos, aqueles cerimoniosos e oficiais. Por vezes há episódios bem mais baixos e que ficam na recordação de muitos. Respigamos do jornal Labor de 4 de novembro de 1988 uma dessas circunstâncias, bem[…]

    Read more...

Por aqui...

Temos 28 visitantes e 0 membros em linha