No dia 19 de junho, a Avenida da Liberdade, em S. João da Madeira, transformou-se, como por encanto, numa avenida de luz. Teriam os pirilampos escolhido a nossa cidade para algum encontro anual? Seria milagre de S. João? Milagre foi, mas outro...

Avenida abaixo, avenida acima, dezenas de marchantes ostentavam os seus fatos coloridos e iluminados: o dos rapazes com lista luminosa na ilharga; os das meninas pontuados de flores com gineceus luminosos e saia de fímbria cintilante. Tanta luz! Tanto convívio! Tanta alegria a unir membros desta comunidade educativa chamada Agrupamento de Escolas Dr. Serafim Leite: alunos, professores, assistentes, encarregados de educação, antigos alunos... O milagre foi esse, o de juntar tantas vontades para que se fizesse luz. Matéria-prima: criatividade, persistência, planeamento, e muuuito "amor à camisola"!

Meses de trabalho de uma grande equipa

Nos bastidores da luz esteve uma equipa de duas professoras que, em sete anos consecutivos, conseguiu colocar na avenida outras tantas marchas, todas elas marcadas por um toque de originalidade. Os seus nomes: Ângela Resende e Belisa Rodrigues. Depois, a incansável Dª Catarina Louro que, com uma infinita paciência, durante incontáveis horas, moldou dezenas de florinhas multicolores e outros adereços de feltro. O design e a montagem de todo o material estiveram a cargo dos alunos do 10.ºE (Curso de Design Gráfico) que suaram, literalmente, para que tudo estivesse em condições no momento do desfile. A professora Ana Carvalho encarregou-se dos ensaios coreográficos para que tudo desfilasse a passe certo. A fazer a cobertura televisiva do evento esteve a nossa TV@Serafim, cujo trabalho estará brevemente visível.

Segundo uma das organizadoras, "foram meses de trabalho intensivo que passou pela conceção do projeto - trajes e iluminação - confeção do vestuário, aproveitamento de recursos do carnaval e iluminação dos fatos e adereços..."

O resultado foi a surpresa, o brilho, o imenso orgulho de pertencer a uma comunidade que dá tudo de si para mostrar o muito mais que há em si.

Aqui ficam também as quadras que foram lidas no momento em que a nossa marcha luminosa entrava no jardim, para a sua apresentação final, e que foram também distribuídas como folhas das muitas flores que fomos oferecendo ao público presente.

Quadras das marchas

                                                                                                                                                                          Da autoria da Profª Helena Resende

Na noite do desfile das marchas

Juntamente com tanto enfeite

Há tanto rebuliço e alegria

Na Escola Serafim Leite.

O nosso tema é a luz.

Tal como os nossos alunos o são.

A luz dos nossos olhos

Dentro do nosso coração.

Damos vivas à nossa cidade!

Damos vivas a S. João!

Damos vivas à nossa escola!

Damos vivas à Educação!

O futuro estamos a construir

Aqui, com a nossa participação.

Frequentar a Serafim Leite

É, sem dúvida, a melhor opção.

Veja aqui as fotos (cedidas pela Dª Catarina Louro, Dª Fernanda Almeida e Bruno Rafael)

A marcha de Serafim - 2015


Blogue da Biblioteca Escolar

Memórias da Serafim

  • A secretaria

    May 20, 2020

    A secretaria Glória Madeira | Sara Santos | Alda Morgado (em memória) | Sandra Matos | Lourdes Leite | Ângelo Figueiredo | Idina Santos | Salomé Oliveira | Esmeralda Nina , 2003. A secretaria é o lugar nevrálgico de qualquer instituição. É o espaço[…]

    Read more...
  • O Ensino noturno.

    May 19, 2020

    Durante muitos anos a Serafim Leite ministrou Ensino noturno. Muitos professores, alunos e funcionários por aqui passaram. Muitos alunos se formaram e concluiram os seus estudos. A escola chegou a ter 800 alunos matriculados. Depois, arranjos ministeriais acabaram com este[…]

    Read more...
  • E as obras?

    May 19, 2020

    Desde 1970, data das obras iniciais da construção onde agora funciona a escola, muita obras se foram fazendo, outras estão em marcha e mais ainda serão necessárias. Este recorte do jornal O Regional é de 27 de janeiro de 1973.[…]

    Read more...
  • E do velho se faz novo.

    May 18, 2020

    E do velho se faz novo. Solicita-se, a quem souber, o favor de identificar os implicados nesta foto. É que nem sempre a história guarda registos escritos. obrigadoabril de 1901

    Read more...
  • Os pormenores

    May 18, 2020

    Os pormenores Uma instituição faz-se também de pormenores, aqueles que muitas vezes mais ficam na memória, Eis alguns, não datáveis por muito antigos e indefinidos.a patine dos tempos e das histórias incontáveis

    Read more...

Por aqui...

Temos 13 visitantes e 0 membros em linha